Páginas

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Bicicletas na metrópole – parte 2

Ontem eu falei aqui sobre um concurso de ilustrações promovido em Londres para incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte na cidade. A iniciativa é super bacana, mas o melhor é o fato dela não ter sido uma iniviativa isolada. Afinal, não basta dizer aos cidadãos que usem a bicicleta; é preciso dar a eles condições para que isso aconteça de forma segura.

ciclovias londres

A prefeitura de Londres lançou, nesta semana, um projeto que prevê a implantação de doze ciclovias que ligarão o centro de Londres aos bairros periféricos. Duas já foram inauguradas, e mais dez devem ser lançadas até o final de 2015.

O projeto é ambicioso e busca gerar uma revolução ciclística em Londres, segundo informa o site do Departamento de Transportes: a ideia é aumentar o número de ciclistas em 400% até 2025 (em relação aos níveis do ano 2000).

ciclovias londres 2

O sistema ainda precisa de aperfeiçoamentos para garantir a segurança dos ciclistas (o principal problema tem sido que os carros não respeitam o espaço demarcado e invadem a ciclovia nas horas de pico), mas o fato da prefeitura ter decidido pela implantação da ciclovia já é um bom começo.

ciclovias londres 3

Segundo o Departamento de Transportes de Londres, o lançamento das “superciclovias” tem os seguintes objetivos:

  • Melhorar as condições para aquelas pessoas que já utilizam a bicicleta para se deslocar na cidade; 
  • Encorajar aqueles que ainda não usam a aderir às bikes;
  • Ajudar a reduzir o congestionamento;
  • Aliviar a sobrecarga no transporte público;
  • Reduzir a emissão de poluentes.

As três últimas vantagens já seriam suficientes para incentivar a adoção de ciclovias nas grandes cidades brasileiras. Se pensarmos ainda na economia financeira que o uso da bicicleta pode representar e no quanto seu uso regular pode contribuir para a melhoria da saúde da população, só aumenta o desejo de ver nossas cidades mais amigáveis para com os ciclistas…

(Via FastCoDesign; BBC; Transport for London; London Cycling Campaign)

11 comentários:

  1. oi winnie! bom, eu ainda tenho muito medo de andar de bike na rua aqui. levo a minha por parque e fico soh por lá, pq o indice de atropelamento dos ciclistas na rua é meio alto. vamos ver, se algumas das linhas azuis chegarem no meu bairro, eu posso tentar!

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Helô, tomara que o projeto evolua bem para que as pessoas se sintam (e estejam, de fato) mais seguras, né? Pelo que li na web, em 2009 13 ciclistas foram atropelados em Londres. Depois me conte! ;-)
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, acabei de chegar de Londres e uma das coisas q pude notar foi em relacao a esse habito. Estive na Alemanha e por la TODOS usam a bicicleta como meio de transporte, e super seguro. Mas como meu marido disse: apos a guerra a Alemanha teve a necessidade de recontruir as cidades facilitando a introducao das ciclovias, ja na Inglaterra foi bem diferente, nao ha espaco fisico pra muitas mudancas! Espero q o governo consiga essa inovacao, pois com a cidade cheia no verao o transporte fica caotico! Bjs... Bia Rezende

    ResponderExcluir
  4. Também gostei muito de ver as bikes na Alemanha, Bia. Lá realmente essa questão é super bem-resolvida, a gente percebe que as bicicletas estão integradas de um jeitão orgânico mesmo. Tb torço para que a mudança em Londres funcione! Pode servir de incentivo pra outras cidades, né?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Meu sonho de consumo é que todas as cidades do mundo se espelhem em Berlim, uma cidade de quase 4 milhões de habitantes onde não há congestionamento (nem em horário de pico!). Tudo isso porque dá para ir a qualquer lugar de bike! A pessoa economiza na passagem (ou gasolina) e ainda na academia. É o ótimo, lindo e grátis!! Melhor não tem não...

    ResponderExcluir
  6. 13 apenas?? nao acho q tenha sido apenas isso nao...

    ResponderExcluir
  7. Oi Helô,
    Acabo de reler minha resposta ao seu comentário anterior e percebi que faltou uma informação: o número é 13 sim, mas diz respeito aos acidentes fatais. (Segundo matéria da BBC: http://www.bbc.co.uk/news/magazine-10648330)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Aqui no Rio é praticamente impossível andar de bicicleta nas ruas, o risco de atropelamento é enorme. Principalmente no centro, onde as ruas são estreitas e circulam ônibus, é um caos! Uma cidade com esse clima privilegiado deveria se aproveitar bem mais deste fato nos meios de transportes. Em Amsterdam, mesmo com um frio horrivel e nevando, as pessoas nem se abalavam; imagina aqui com esse sol e essa paisagem linda, seria perfeito termos projetos de ciclovia! Fica a torcida pra que alguém se inspire com esse projeto inglês aqui pelos trópicos. Beijão =)

    ResponderExcluir
  9. É sim, Cris, vamos torcer!! A tarefa pode não ser simples, mas com vontade política fica bem mais possível, né? As vantagens, como a gente (e a Prefeitura de Londres) já sabe, seriam muitas...
    Bjs!
    ;-)

    ResponderExcluir
  10. Aqui em NYC tambem estao aumentando as ciclovias, que tambem sao pintadas de azul, como em Londres. Eu mesma vou pra cima e pra baixo com a minha bike, que tem ate cestinha na frente para ajudar a carregar as compras! bjs, Andrea D'Andrea (Fashiond2)

    ResponderExcluir
  11. Que delícia, Andrea!! Tudo de bom poder cruzar a cidade de bike com segurança, né?
    Bjs
    ;-)

    ResponderExcluir

Você tem algo a dizer? Ótimo, escreva aqui!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails